24/08/2013

Vale de Elá e o Ribeiro de Davi

O vale de Elá, também conhecido como vale de Elah (em hebraico: עמק האלה; transl.: Emek HaElah; em árabe: Wadi es-Sunt) e também conhecido como vale dos Terebintos ou vale dos Carvalhos é um vale situado no centro de Israel, conhecido principalmente por ser mencionado na Bíblia como o local onde os israelitas estavam acampados quando David lutou com Golias ( I Samuel. 17:2, 19).
Situa-se a 20 km a sudoeste de Belém e a cerca de 30 km a oeste de Jerusalém, muito próximo da cidade de Bet Shemesh. Historicamente foi um local de grande importância estratégica devido à ligação com a região de Sefelá e aos montes da Judeia.
O vale de Elá tem ganho uma nova relevância mais recentemente por servir de base ao argumento de que Israel era mais do que um feudo tribal no tempo do rei David. No vale, mais precisamente em Khirbet Qeiyafa, o professor Yosef Garfinkel descobriu uma cidade fortificada judaica da Idade do Ferro, fundada aproximadamente entre 1050 e 915 a.C.. Alegadamente as fortificações provam o relato bíblico do Monarquia Unida no início da Idade do Ferro.

Vale de Ela Azeca
A melhor vista do vale é a partir do morro comandante da Azeca. Esta cidade estratégica foi sabiamente fortificada por Roboão, e foi uma das últimas cidades a cair nas mãos dos babilónios na invasão a Judá em 586 aC. O vale é o local da batalha de David e Golias.






A Árvore de Elá
O vale recebe o seu nome a partir da árvore Elá, um tipo de árvore de carvalho ou carvalho. Esta árvore de Elá grande e antiga ainda permanece no vale, lembrando aos visitantes do dia, quando as árvores proliferaram nas campinas. (cf. 1 Reis 10:27).




O lugar onde David apanhou as 5 pedras
O ribeiro de Elá é famoso pelas cinco pedras que contribuíram para a vitória do jovem lançador, David. Alguns supõem que David escolheu as cinco pedras por pensar que Golias tinha quatro irmãos e estas serem necessárias.





Adulão
Localizado no extremo leste do vale é o site de Adulão. Este lugar provou ser o lugar perfeito para David para se esconder na sua fuga inicial de Saul. Como hoje se encontra na  fronteira entre Israel pré-1967 e a Cisjordânia, assim, como nos dias de David, este local era aparentemente " terra de ninguém ", onde ele poderia ficar em segurança longe dos caminho Saul e dos filisteus.

Caverna de Adulão
1 Samuel 22 diz que Davi se escondeu na "caverna de Adulão". Hoje em dia existem muitas cavernas no local e não está claro qual ou quais David tenha utilizado, como muitos têm sido usadas e modificadas desde então. Enquanto ele esteve aqui, 400 homens que tinham dívidas, angústia ou descontentamento, reuniram-se em torno de David.





Vista do Vale do Socó
Esta vista panorâmica do vale de Elá, o sul é uma visão aproximada do que o exército filisteu viu como eles enfrentaram os israelitas na batalha conhecida como "David contra Golias". Os filisteus estavam acampados no lado sul do vale e as forças do rei Saul ocuparam o morro na zona norte.

3 comentários:

  1. Ultimamente o Nosso Senhor Yahweh Elohim tem dado milhares bênçãos aos homens, difícil saber qual a maior delas. A Internet, se não for a maior, mas, pelo menos, está entre as primeiras. Rios de conhecimento às mãos.

    ResponderEliminar