01/10/2009

TABLETE DE EBLA CONFIRMA PALAVRAS USADAS POR MOISÉS NO RELATO DA CRIAÇÃO

A descoberta do arquivo de Ebla no norte da Síria nos anos 70 revelou que os escritos bíblicos concernentes aos Patriarcas são completamente fiáveis. Documentos escritos em tabletes de argila com cerca de 2300 A.C. mostram que os nomes pessoais e de lugares mencionados nos registos históricos sobre os Patriarcas são genuínos. O nome "Canaã" estava em uso em Ebla – um nome que críticos afirmavam não ser utilizado naquela época e, portanto, incorrectamente empregue nos primeiros capítulos da Bíblia. A palavra “tehom” (“o abismo”) usada em Génesis 1:2 era considerada como uma palavra recente, demonstrando que a história da Criação foi escrita muito mais tarde do que o afirmado tradicionalmente. “Tehom”, entretanto, era parte do vocabulário usado em Ebla, cerca de 800 anos antes de Moisés. Costumes antigos, reflectidos nas histórias dos Patriarcas, também foram descritos em tabletes de argila encontrados em Nuzi e Mari.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Enviar um comentário