02/08/2008

MAPAS DE ISRAEL




O Rei David conquistou Jerusalém e tornou-a capital do seu reino e o centro religioso do povo Judeu em 1003 a.C. Cerca de 40 anos mais tarde, o seu filho Salomão construiu o Templo (centro religioso e nacional do povo de Israel) e transformou a cidade em próspera capital de um Império que se estendia do Eufrates até o Egipto


















Mapa Mosaico de Madaba (565 d.C)
O mapa urbano mais antigo que há conheciemento sobre Israel. Foi feito com mais de dois milhões de pequenos azulejos de pedra de diferentes cores. Foi encontrado em estilo de mosaico numa Igreja Bizantina na cidade de Madab, hoje território da Jordãnia. O mapa representa a Terra Santa, desde o Líbano, ao Norte, até ao Egito no Sul. A Cidade de Jerusalém é apresentada na metade do seu tamanho original.















Mapa de Abraham Bar-Jacob na Hagadá de Amsterdão (1695)
No passado, os mapas geográficos hebreus eram bastante raros, porém todos mostravam a Terra de Israel como uma porção "separada". Neste, Abraham Bar-Jacob, convertido ao Judaismo, desenhou a Terra Santa a partir do mapa de Christian Adrichom (1588), incluindo elementos como o percurso do Êxodo do Egipto para Canaã; e a designação dos territórios das doze tribos de Israel.















Mapa Pictórico da Terra de Israel, (1875) Esta ilustração (uma segunda edição em hebraico e alemão), representa um grupo original de mapas. Cinco tiras longitudinais mostram cinco regiões, desde o Líbano, ao Norte, até Gaza, Hebrón e "Sodoma" no sul, vista em perspectiva de Oeste para Este. A base de impressão é invulgar, sobre um painel de algodão, a Cidade de Jerusalém foi desenhada no centro do mapa pelo Rabino Haim Salomón Pinta.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Enviar um comentário